Me defino como apaixonada pela vida, pela arte e pela simplicidade. Vivo, Respiro e transpiro arte! Como diz Maário Quintana: Aqueles que aqui estão atravancando meu caminho eles passarão eu passarinho.

19
Mai 11

     

 

   

 

   10 DICAS SIMPLES E PRÁTICAS PRA VIVER FELIZ E TRANQUILO.

 

10 dicas, simples e práticas, do psiquiatra e escritor Roberto Shinyashiki, para aproveitarmos melhor a nossa vida.

 

1- Curta mais a sua companhia. Aprenda a viver feliz mesmo sozinho. Convide um amigo para ir ao cinema, mas, se não encontrar alguém disponível, vá com a pessoa mais fascinante do mundo: você mesmo.

 

2- Tenha alto astral. As pessoas competentes são aquelas que conseguem manter uma postura positiva mesmo nos momentos mais difíceis.

3- Viva com paixão. Procure estar perto de pessoas com alegria de viver e manter-se afastado de indivíduos baixo astral, aqueles que secam até arruda e pimenteira.

 

4- Malhe com prazer e cuide bem do seu corpo. Alimentação, sono e exercícios são fundamentais para uma vida saudável. Gostar de si mesmo significa gostar dos outros e deixar as portas abertas para que gostem da gente também.

 

5- Invista em você todos os dias. Nós somos arquitetos da nossa personalidade. Quando a pessoa nasce, Deus lhe dá um potencial infinito que poucas aproveitam.

 

6- Celebre as vitórias. Compartilhe seu sucesso com pessoas queridas. Mesmo as pequenas conquistas devem ser celebradas com alegria. Grite, chore, encha-se de energia para os próximos desafios.

 

7- Tenha uma vida espiritual. Conversar com Deus é o máximo, especialmente, para agradecer as dádivas recebidas. Mantenha o hábito de rezar antes de dormir, é bom para o sono e melhor ainda para a alma. A oração e a meditação são forças de inspiração.

 

8- Crie tempo para as pessoas importantes da vida. Filhos, esposas, maridos, pais e irmãos são as pessoas que vão estar com você nos melhores e piores momentos da sua vida.

 

9- Tenha amigos vencedores. Campeões falam de e com campeões. Perdedores só tocam na tecla perdedores. O “diz-me com quem andas”, continua válido, mais do que nunca.

 

10- Diga adeus para quem não lhe merece. Alimentar relacionamentos que só trazem sofrimento é uma forma cruel de masoquismo. Não deixe que relacionamentos inconsistentes atrapalhem sua vida. Deixe o espaço livre para um novo amor.

 

ESSA DICA É MINHA: Simplifique sua vida, não sofra antecipado nem imaginário, viva um dia de cada vez e sorria sempre!

Claudia Jeanne

 

publicado por Infobrazuca às 14:53

   

Dicas básicas sobre vinhos

Dicas essenciais para começar a apreciação de vinhos com o pé direito, aproveitando ao máximo o prazer proporcionado por esta bebida.

Cuidados e dicas especiais poderão ser aprendidas com o tempo e em literatura específica, e serão complementares ao exposto aqui.

 

Estações do ano
Os vinhos mais encorpados devem ser tomados no inverno, quando você poderá apreciá-los melhor, ou quando a harmonização com o prato a ser servido assim o pedir. No verão, quando a comida é mais leve, os melhores são os vinhos de baixo teor alcoólico: leves, brancos e rosés refrescantes ou até mesmo tinto leve são excelentes para essa época do ano.

 

Bebendo vinhos diferentes
Brancos antes dos tintos. Beba os secos antes dos encorpados: vinhos fortes ou fortificados irão sobrepor-se aos mais leves. Vinhos envelhecidos merecem ser bebidos sozinhos. E lembre-se: troque as taças ao mudar o tipo de vinho servido.

 

Temperatura correta
É importante você desfrutar um vinho na temperatura correta. Gelar demais esconde os sabores e aromas, e torna os vinhos tintos mais adstringentes. Servi-lo quente ressalta mais o álcool, desequilibrando-o. Veja as temperaturas ideais: Espumantes (vulgo champagnes): de 5 a 7 graus; Brancos: de 7 a 10 graus; Tintos: de 15 a 18 graus (o que corresponde à temperatura ambiente na Europa). O vinho pode até ser colocado na geladeira, mas não por muito tempo. O ideal é ter uma adega climatizada, ou então uma geladega®. Para servi-los, tanto os brancos como os tintos, é melhor colocá-los em um balde com gelo pelo tempo necessário para que atinja a temperatura acima mencionada.

 

A taça ideal
Acredite, a taça é muito importante: você gosta de tomar cerveja em copos lavados de requeijão? Imagine então beber um vinho bem elaborado neste mesmo copo ...
A combinação entre o vinho e o prato está perfeita. E isso merece uma taça adequada: o ideal é o de bojo amplo, cujos lados afinem em direção à borda. Preferencialmente lisa e transparente, sem detalhes. Assim, você pode contemplar e sentir melhor os aromas do vinho.

 

Reconhecendo o bom vinho
Em geral, verifique se a cor está transparente (límpido), com brilho, se existem quaisquer aromas desagradáveis, se a rolha está preservada e se produz lágrimas nas laterais do copo (ou seja, se o vinho escorre devagar no vidro formando filetes). Em seguida, confirme sentindo o paladar, pois o vinho é uma bebida bastante sensível e qualquer alteração se torna evidente. É justamente por este motivo que o garçom, ao abrir e servir uma nova garrafa, oferece uma pequena quantidade para aprovação de um dos presentes. Para degustações mais apuradas, consulte um bom guia de degustação.

 

Quando a rolha cair no vinho
Acontece! Pedaços de rolha não estragam o vinho, mas atrapalham a degustação e o prazer dos bebedores. O mais indicado neste caso é coar o vinho, utilizando um filtro de papel de café e um vasilhame bem limpo. Se desejar, pode devolver o vinho à garrafa, mas sem agita-lo demais nos dois processos. Jamais utilize o coador de café (que certamente está do lado do filtro), pois ele já está impregnado com sabor e odor de café.

 

Quando a rolha se partir
Isto não é o fim! Segure a garrafa com firmeza e use de delicadeza e ângulo para ir tirando aos poucos a rolha. Assim, você evita que outros pedaços caiam dentro da garrafa. Verifique se a rolha está deteriorada - e possivelmente o vinho também, ou é somente uma rolha de baixa qualidade.

 

Abrindo o vinho
Corte a tampinha do gargalo e limpe possíveis impurezas em volta. Use os tipos mais modernos de saca-rolhas, que dispensam o uso de força e o apoio no bico da garrafa e possuem uma espiral helicoidal sem o “pino” central (semelhante a um prego com espiral em volta). Prefira os abridores com espiral de teflon flexível. O cuidado na escolha do abridor é realmente muito importante, pois evita que a rolha seja danificada (ou arrombada) na abertura do vinho!

 

Armazenando o vinho
As garrafas devem permanecer inclinadas ou deitadas, pois de pé a rolha de cortiça seca e permite a entrada de ar externo, o que acelera a oxidação do vinho. Faz-se necessário manter o vinho em lugar fresco, longe da luz direta (preferencialmente no escuro) e da umidade excessiva. Vibrações como as de geladeiras são prejudiciais à boa conservação do vinho. Ficou difícil encontrar um lugar ideal na sua casa? Crie sua adega em um canto mais escuro na cozinha. Saúde!

 

 

publicado por Infobrazuca às 14:30
tags:

 

Arroz 7 Camadas

 

Ingredientes:


2 copos (americano) de arroz cru, lavado e escorrido
1 camada de molho vermelho, feito com ½ quilo de carne moída
2 copos (americano) de água fervendo
1 camada de bastante cebola picada
1 camada de cenoura batidinha
1 pimentão picado em rodelinhas finas
1 camada de milho verde
Bacon

 

Modo de Fazer


Alternar todas as camadas acima e cobrir com fatias de bacon. Na hora de assar, colocar aproximadamente 2 copos de água fervendo. Jogar a água vagarosamente para não desmanchar as camadas. Não colocar óleo.

 

 

Arroz à antonieta

Ingredientes:


1 e ½ xícaras de (chá) de arroz
Presunto cortados em quadradinhos
200 gramas de mussarela fatiada
6 bananas nanicas à milanesa
2 dentes de alho socados
Salsa e cebolinhas picadas
½ quilo de carne moída
1 cebola picada
Sal à gosto

Modo de fazer:
Refogue o arroz e deixe cozinhar procurando deixá-lo bem soltinho. À parte, refogue a carne moída com a cebola, o alho, a salsa e cebolinha e o sal. Retire do fogo e reserve. Corte as bananas, passe no ovo e na farinha de rosca, fritando-as à milanesa. Pegue em seguida o arroz branco, misture a carne moída e o presunto picado. Forre uma forma refratária com as bananas à milanesa. Coloque o arroz já temperado por cima. Coloque a mussarela e cubra com papel alumínio e leve ao forno quente.

 

 

Arroz a Espanhola

Ingredientes:
1 (chá) de arroz cru
200 gramas de lingüiça fresca, cortada em pedaços pequenos
1 pimentão verde cortado em tirinhas
2 cenouras cortadas em pedacinhos
2 tabletes de caldo de carne esfarelados
3 tomates, batidos no liquidificador
1 lata pequena de palmito, picado
2 cebolas pequenas raladas
1 lata pequena de ervilha

Modo de Fazer
Colocar os pedaços de lingüiça em fogo baixo, em uma panela tampada, para soltar toda a gordura e fritar bem. Acrescentar a cebola, o Arroz e refogar. Colocar o pimentão, a cenoura, o caldo, os tomates, ¾ litros de água fervente, as ervilhas e o palmito. Quando ferver tampar parcialmente a panela e abaixar o fogo. Deixar cozinhar por 15 minutos ou até o arroz secar. Tampar a panela e deixar descansar 10 minutos. Servir a seguir.

 

Arroz à chop suey simples

Ingredientes:
4 xícaras de (chá) de arroz parbolizado cozido com sal
3 xícaras de (chá) de brócolis em buquês
2 colheres de (sopa) de óleo de girassol
500 gramas de contra filé em tiras
½ xícara de (chá) de shoyu
½ cebola em cubos
Sal à gosto

Modo de Fazer;
Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola até ficar transparente. Junte a carne e frite até dourar. Acrescente o brócolis, o shoyu, sal e cozinhe por 3 minutos. Adicione o arroz cozido, misture e sirva.

Rendimento: 4 porções

 

 


 



publicado por Infobrazuca às 14:19

    

 

          

 

    

 

Estou encantada com o artesanato com feltro, abaixo muitas imagens que recolhi em sites variados, se identificar alguma que é sua, me mande o

nome que colocarei o devído crédito ou retiro a foto se for o caso. Obrigada  

 

 

      

 

AMEI ESSES TRABALHOS PARABÉNS ARTISTAS E ARTESÃS.

 

publicado por Infobrazuca às 14:13

Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
20
21

22
24
25
26
27
28

29
30
31


subscrever feeds
arquivos
2011

mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO