Me defino como apaixonada pela vida, pela arte e pela simplicidade. Vivo, Respiro e transpiro arte! Como diz Maário Quintana: Aqueles que aqui estão atravancando meu caminho eles passarão eu passarinho.

06
Set 11

ALGUMAS DELÍCIAS QUE ESTÃO EM ALGUNS SITES DE GASTRONOMIA. I LOVE.

 

 

 

 

 

 

publicado por Infobrazuca às 18:16

RECICLAR, RECRIAR UTILIZANDO MATERIAIS DESCARTADOS E CRIAR DESIGNERS DIFERENCIADOS E CRIATIVOS PARA O DIA A DIA, CRIANDO ASSIM PEÇAS CONFORTÁVEIS, BONITAS QUE IRÃO DESTACAR OS AMBIENTES INTERNOS E EXTERNOS DE SUA CASA.

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Infobrazuca às 18:05

23
Mai 11

Paris romântica, emocionante, histórica, Paris  vibrante, elegante!  Prepare seu coração e vamos para Paris!! Paris para namorar, Paris para  crianças...

As pontes de Paris, as tulipas, os monumentos, os museus, as lojas deslumbrantes, os ballets, o croque-monsieur, todo requinte, o sotaque, os cafés, os vinhos, o Luxembourg...Uh la lá...  Bon voyage!

 

 

   

 

   

 

Paris, a "cidade luz"

  

Se você estiver em Paris à noite, especialmente durante o Natal e o Ano Novo, não será difícil entender o motivo da expressão "cidade luz". A iluminação enche os olhos de todos que por lá passam. Mas não é só a luminosidade que é abundante na cidade. A arquitetura exala beleza e a programação cultural é intensa. Veja ao lado dicas de museus e informações sobre os principais pontos turísticos da cidade.

 O ideal seria percorrer Paris a pé para não perder absolutamente nada. Mas isso não é possível. Então, escolha roteiros que você possa cumprir. Visite a Torre Eiffel e os jardins e espelhos d¿água do Trocadeiro, na Île de la Cite vá até a catedral de Notre Dame, imperdível, e desça até a cripta onde estão as primeiras pedras de Paris, que remetem ao Império Romano. Depois, siga até a Sainte Chapelle, no Palais de Justice, uma linda capela transformada em museu.

 

 A Bastilha, onde ficava a prisão política do império francês, vale uma visita. A queda da Bastilha, ocorrida dia 14 de Julho de 1789, é o principal feriado francês. Já o Cemitério do Père Lachaise é, possivelmente, o mais importante do mundo. Nele, estão os túmulos de Jim Morrison, Balzac, Molière, Proust, Oscar Wilde, Irmãos Lumiére, La Fontaine, Chopin, Edith Piaf, Allan Kardec, Sarah Bernhardt e muitos outros. O local é visitado por turistas e amantes de História, Artes e Arquitetura.

A Grand Bibliotèque de France é um lindo prédio de vidro, que teve sua construção muito criticada por deixar que a luz do sol estrague os livros. Um sistema de tapumes foi criado depois de sua inauguração para evitar a destruição das obras. O prédio vale uma visita.

O bairro Le Marais, que faz parte do patrimônio histórico da Unesco, era uma área boêmia de artistas e hoje abriga uma animada comunidade gay. Já o Quartier Latin, no lado direito do rio Sena, ainda reúne estudantes e intelectuais. Passear pelos bulevares Saint Michel e Saint Germain, cheios de bistrôs e cafés, é uma experiência agradabilíssima.

 A Ainda no Quartier Latin encontra-se a Sorbonne, uma das mais respeitadas universidades do mundo, e o Panthéon, construído na época de Luís XV como Igreja de Santa Genoveva e nacionalizado em 1791 como sepultura dos "Grandes Homens". O monumento abriga nomes como Napoleão, Voltaire, Rousseau, Victor Hugo, Émile Zola entre outros.

Já o bairro de Septième é o exato oposto, onde encontra-se a burguesia parisiense, consulados, a École Militaire, o Musée des Armées, onde está exposto o caixão de Napoleão, e a sede mundial da Unesco. Um local interessante, também com outra proposta, é La Defense, uma área futurística criada por multinacionais francesas onde está o moderno arco do triunfo, o Grand Arch de La Defense, e outras esculturas.

Antes de deixar Paris, pegue um trem e vá até Versailles, sede da corte francesa de Luís 15 e um dos palácios mais ricos do mundo. O local dá uma idéia do refinamento e do luxo da elite na França pré-revolucionária. 
  

publicado por Infobrazuca às 19:09

Empresa lança linha de carteiras sustentáveis feitas de origamis
 
Postado em Arquitetura e EcoDesign em 29/12/2009 às 16h35
por Redação EcoD
 
 



 carteira-capa.jpg

Quando o assunto é reduzir o consumo de matéria-prima e prolongar a vida útil dos produtos, uma boa pedida pode ser as carteiras da Mojo Design. Feitas de fibras de polietileno (material reciclável e super resistente), as carteiras não rasgam nem estragam com água e possuem estampas exclusivas e super originais.

 carteira-02.jpg

A ideia da empresa foi pegar uma única folha de papel e transformá-la em uma carteira a partir de dobraduras – como um origami. Com isso, eles conseguiram produzir uma carteira fina (com menos de cinco milímetros de espessura), leve e com todos os compartimentos encontrados em outra similar utilizando o mínimo de matéria-prima.

 Para torná-las mais atraentes, a Mojo chamou alguns dos artistas plásticos e ilustradores mais bacanas da atualidade, como Pedro Gerab, Henrique Lima e Julio Zukerman, Mulheres Barbadas, Carlo Giovani e Wagner Pinto, que criaram 10 tipos de estampas para agradar a todos os gostos.

carteira-03.jpg

 O resultado final são carteiras cheias de charme que unem sustentabilidade, eficiência e arte em um só produto. Os interessados podem encontrar revendedores da Mojo em São Paulo, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, além de Londres, Lisboa e Santiago do Chile. As carteiras variam entre R$70,00 e R$90,00 e os endereços e telefones dos locais de venda podem ser encontrados no site.

 

publicado por Infobrazuca às 18:13

 

 

Se você tiver um objeto qualquer esquecido no canto de sua casa, não deixe que o designer David Olschewski o veja. Ele poderá raptá-lo e transformar o que quer que seja em outro produto, com toda a utilidade e sustentabilidade que o eco-design propõe.

Dessa forma, enxadas e garfos de grama viram cabides, pregadores de roupa são transformados em luminárias e banheira velhas passam a servir de poltronas. E esse são apenas alguns exemplos.

 olschewski-003.jpg

O designer alemão reutiliza materiais como vassouras e bóias para criar cadeiras, mesas, luminárias e todo o tipo de utensílios sem agredir tanto o meio ambiente. Isso porque, ao reaproveitar o que iria para o lixo, o designer ajuda a prolongar a vida útil dos lixões e aterros, reduz os impactos ambientais desses lugares e evita que mais matéria-prima seja utilizada para confeccionar novos produtos.

 olschewski-002.jpg

Olschewski não informa se seus produtos estão à venda, nem quanto custam. Mas os interessados podem conferir mais informações no site ou pelo e-mail info@david-olschewski.de.

Já aqueles que gostaram na ideia, podem tentar reaplicá-la em casa, reaproveitando os materiais velhos e transformando-os em algo novo.



Tags: Arquitetura e EcoDesign , Reduzir, Reutilizar, Reciclar

publicado por Infobrazuca às 18:03

19
Mai 11

     

 

   

 

   10 DICAS SIMPLES E PRÁTICAS PRA VIVER FELIZ E TRANQUILO.

 

10 dicas, simples e práticas, do psiquiatra e escritor Roberto Shinyashiki, para aproveitarmos melhor a nossa vida.

 

1- Curta mais a sua companhia. Aprenda a viver feliz mesmo sozinho. Convide um amigo para ir ao cinema, mas, se não encontrar alguém disponível, vá com a pessoa mais fascinante do mundo: você mesmo.

 

2- Tenha alto astral. As pessoas competentes são aquelas que conseguem manter uma postura positiva mesmo nos momentos mais difíceis.

3- Viva com paixão. Procure estar perto de pessoas com alegria de viver e manter-se afastado de indivíduos baixo astral, aqueles que secam até arruda e pimenteira.

 

4- Malhe com prazer e cuide bem do seu corpo. Alimentação, sono e exercícios são fundamentais para uma vida saudável. Gostar de si mesmo significa gostar dos outros e deixar as portas abertas para que gostem da gente também.

 

5- Invista em você todos os dias. Nós somos arquitetos da nossa personalidade. Quando a pessoa nasce, Deus lhe dá um potencial infinito que poucas aproveitam.

 

6- Celebre as vitórias. Compartilhe seu sucesso com pessoas queridas. Mesmo as pequenas conquistas devem ser celebradas com alegria. Grite, chore, encha-se de energia para os próximos desafios.

 

7- Tenha uma vida espiritual. Conversar com Deus é o máximo, especialmente, para agradecer as dádivas recebidas. Mantenha o hábito de rezar antes de dormir, é bom para o sono e melhor ainda para a alma. A oração e a meditação são forças de inspiração.

 

8- Crie tempo para as pessoas importantes da vida. Filhos, esposas, maridos, pais e irmãos são as pessoas que vão estar com você nos melhores e piores momentos da sua vida.

 

9- Tenha amigos vencedores. Campeões falam de e com campeões. Perdedores só tocam na tecla perdedores. O “diz-me com quem andas”, continua válido, mais do que nunca.

 

10- Diga adeus para quem não lhe merece. Alimentar relacionamentos que só trazem sofrimento é uma forma cruel de masoquismo. Não deixe que relacionamentos inconsistentes atrapalhem sua vida. Deixe o espaço livre para um novo amor.

 

ESSA DICA É MINHA: Simplifique sua vida, não sofra antecipado nem imaginário, viva um dia de cada vez e sorria sempre!

Claudia Jeanne

 

publicado por Infobrazuca às 14:53

   

Dicas básicas sobre vinhos

Dicas essenciais para começar a apreciação de vinhos com o pé direito, aproveitando ao máximo o prazer proporcionado por esta bebida.

Cuidados e dicas especiais poderão ser aprendidas com o tempo e em literatura específica, e serão complementares ao exposto aqui.

 

Estações do ano
Os vinhos mais encorpados devem ser tomados no inverno, quando você poderá apreciá-los melhor, ou quando a harmonização com o prato a ser servido assim o pedir. No verão, quando a comida é mais leve, os melhores são os vinhos de baixo teor alcoólico: leves, brancos e rosés refrescantes ou até mesmo tinto leve são excelentes para essa época do ano.

 

Bebendo vinhos diferentes
Brancos antes dos tintos. Beba os secos antes dos encorpados: vinhos fortes ou fortificados irão sobrepor-se aos mais leves. Vinhos envelhecidos merecem ser bebidos sozinhos. E lembre-se: troque as taças ao mudar o tipo de vinho servido.

 

Temperatura correta
É importante você desfrutar um vinho na temperatura correta. Gelar demais esconde os sabores e aromas, e torna os vinhos tintos mais adstringentes. Servi-lo quente ressalta mais o álcool, desequilibrando-o. Veja as temperaturas ideais: Espumantes (vulgo champagnes): de 5 a 7 graus; Brancos: de 7 a 10 graus; Tintos: de 15 a 18 graus (o que corresponde à temperatura ambiente na Europa). O vinho pode até ser colocado na geladeira, mas não por muito tempo. O ideal é ter uma adega climatizada, ou então uma geladega®. Para servi-los, tanto os brancos como os tintos, é melhor colocá-los em um balde com gelo pelo tempo necessário para que atinja a temperatura acima mencionada.

 

A taça ideal
Acredite, a taça é muito importante: você gosta de tomar cerveja em copos lavados de requeijão? Imagine então beber um vinho bem elaborado neste mesmo copo ...
A combinação entre o vinho e o prato está perfeita. E isso merece uma taça adequada: o ideal é o de bojo amplo, cujos lados afinem em direção à borda. Preferencialmente lisa e transparente, sem detalhes. Assim, você pode contemplar e sentir melhor os aromas do vinho.

 

Reconhecendo o bom vinho
Em geral, verifique se a cor está transparente (límpido), com brilho, se existem quaisquer aromas desagradáveis, se a rolha está preservada e se produz lágrimas nas laterais do copo (ou seja, se o vinho escorre devagar no vidro formando filetes). Em seguida, confirme sentindo o paladar, pois o vinho é uma bebida bastante sensível e qualquer alteração se torna evidente. É justamente por este motivo que o garçom, ao abrir e servir uma nova garrafa, oferece uma pequena quantidade para aprovação de um dos presentes. Para degustações mais apuradas, consulte um bom guia de degustação.

 

Quando a rolha cair no vinho
Acontece! Pedaços de rolha não estragam o vinho, mas atrapalham a degustação e o prazer dos bebedores. O mais indicado neste caso é coar o vinho, utilizando um filtro de papel de café e um vasilhame bem limpo. Se desejar, pode devolver o vinho à garrafa, mas sem agita-lo demais nos dois processos. Jamais utilize o coador de café (que certamente está do lado do filtro), pois ele já está impregnado com sabor e odor de café.

 

Quando a rolha se partir
Isto não é o fim! Segure a garrafa com firmeza e use de delicadeza e ângulo para ir tirando aos poucos a rolha. Assim, você evita que outros pedaços caiam dentro da garrafa. Verifique se a rolha está deteriorada - e possivelmente o vinho também, ou é somente uma rolha de baixa qualidade.

 

Abrindo o vinho
Corte a tampinha do gargalo e limpe possíveis impurezas em volta. Use os tipos mais modernos de saca-rolhas, que dispensam o uso de força e o apoio no bico da garrafa e possuem uma espiral helicoidal sem o “pino” central (semelhante a um prego com espiral em volta). Prefira os abridores com espiral de teflon flexível. O cuidado na escolha do abridor é realmente muito importante, pois evita que a rolha seja danificada (ou arrombada) na abertura do vinho!

 

Armazenando o vinho
As garrafas devem permanecer inclinadas ou deitadas, pois de pé a rolha de cortiça seca e permite a entrada de ar externo, o que acelera a oxidação do vinho. Faz-se necessário manter o vinho em lugar fresco, longe da luz direta (preferencialmente no escuro) e da umidade excessiva. Vibrações como as de geladeiras são prejudiciais à boa conservação do vinho. Ficou difícil encontrar um lugar ideal na sua casa? Crie sua adega em um canto mais escuro na cozinha. Saúde!

 

 

publicado por Infobrazuca às 14:30
tags:

 

Arroz 7 Camadas

 

Ingredientes:


2 copos (americano) de arroz cru, lavado e escorrido
1 camada de molho vermelho, feito com ½ quilo de carne moída
2 copos (americano) de água fervendo
1 camada de bastante cebola picada
1 camada de cenoura batidinha
1 pimentão picado em rodelinhas finas
1 camada de milho verde
Bacon

 

Modo de Fazer


Alternar todas as camadas acima e cobrir com fatias de bacon. Na hora de assar, colocar aproximadamente 2 copos de água fervendo. Jogar a água vagarosamente para não desmanchar as camadas. Não colocar óleo.

 

 

Arroz à antonieta

Ingredientes:


1 e ½ xícaras de (chá) de arroz
Presunto cortados em quadradinhos
200 gramas de mussarela fatiada
6 bananas nanicas à milanesa
2 dentes de alho socados
Salsa e cebolinhas picadas
½ quilo de carne moída
1 cebola picada
Sal à gosto

Modo de fazer:
Refogue o arroz e deixe cozinhar procurando deixá-lo bem soltinho. À parte, refogue a carne moída com a cebola, o alho, a salsa e cebolinha e o sal. Retire do fogo e reserve. Corte as bananas, passe no ovo e na farinha de rosca, fritando-as à milanesa. Pegue em seguida o arroz branco, misture a carne moída e o presunto picado. Forre uma forma refratária com as bananas à milanesa. Coloque o arroz já temperado por cima. Coloque a mussarela e cubra com papel alumínio e leve ao forno quente.

 

 

Arroz a Espanhola

Ingredientes:
1 (chá) de arroz cru
200 gramas de lingüiça fresca, cortada em pedaços pequenos
1 pimentão verde cortado em tirinhas
2 cenouras cortadas em pedacinhos
2 tabletes de caldo de carne esfarelados
3 tomates, batidos no liquidificador
1 lata pequena de palmito, picado
2 cebolas pequenas raladas
1 lata pequena de ervilha

Modo de Fazer
Colocar os pedaços de lingüiça em fogo baixo, em uma panela tampada, para soltar toda a gordura e fritar bem. Acrescentar a cebola, o Arroz e refogar. Colocar o pimentão, a cenoura, o caldo, os tomates, ¾ litros de água fervente, as ervilhas e o palmito. Quando ferver tampar parcialmente a panela e abaixar o fogo. Deixar cozinhar por 15 minutos ou até o arroz secar. Tampar a panela e deixar descansar 10 minutos. Servir a seguir.

 

Arroz à chop suey simples

Ingredientes:
4 xícaras de (chá) de arroz parbolizado cozido com sal
3 xícaras de (chá) de brócolis em buquês
2 colheres de (sopa) de óleo de girassol
500 gramas de contra filé em tiras
½ xícara de (chá) de shoyu
½ cebola em cubos
Sal à gosto

Modo de Fazer;
Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola até ficar transparente. Junte a carne e frite até dourar. Acrescente o brócolis, o shoyu, sal e cozinhe por 3 minutos. Adicione o arroz cozido, misture e sirva.

Rendimento: 4 porções

 

 


 



publicado por Infobrazuca às 14:19

    

 

          

 

    

 

Estou encantada com o artesanato com feltro, abaixo muitas imagens que recolhi em sites variados, se identificar alguma que é sua, me mande o

nome que colocarei o devído crédito ou retiro a foto se for o caso. Obrigada  

 

 

      

 

AMEI ESSES TRABALHOS PARABÉNS ARTISTAS E ARTESÃS.

 

publicado por Infobrazuca às 14:13

09
Mai 11

MARIO QUINTANA

POEMAS, POESIAS E AFINS

MARIO QUINTANA POR MARIO QUINTANA
( texto escrito pelo poeta para a revista Isto É de 14/11/1984 )

Nasci em Alegrete, em 30 de julho de 1906. Creio que foi a principal coisa que me aconteceu. E agora pedem-me que fale sobre mim mesmo. Bem! eu sempre achei que toda confissão não transfigurada pela arte é indecente. Minha vida está nos meus poemas, meus poemas são eu mesmo, nunca escrevi uma vírgula que não fosse uma confissão. Há ! mas o que querem são detalhes, cruezas, fofocas... Aí vai ! Estou com 78 anos, mas sem idade. Idades só há duas : ou se está vivo ou morto. Neste último caso é idade demais, pois foi-nos prometida a eternidade. Nasci do rigor do inverno, temperatura : 1 grau; e ainda por cima prematuramente, o que me deixava meio complexado, pois achava que não estava pronto. Até que um dia descobri que alguém tão completo como Winston Churchill nascera prematuro – o mesmo tendo acontecido a Sir Isaac Newton ! Excusez du peu.Prefiro citar a opinião dos outros sobre mim. Dizem que sou modesto. Pelo contrário, sou tão orgulhoso que nunca acho que escrevi algo à minha altura. Porque poesia é insatisfação, um anseio de auto-superação. Um poeta satisfeito não satisfaz. Dizem que sou tímido. Nada disso ! sou é caladão, instrospectivo. Não sei por que sujeitam os introvertidos a tratamentos. Só por não poderem ser chatos como os outros ? Exatamente por execrar a chatice, a longuidão, é que eu adoro a síntese. Outro elemento da poesia é a busca da forma (não da fôrma), a dosagem das palavras. Talvez concorra para esse meu cuidado o fato de ter sido prático de fármacia durante 5 anos. Note-se que é o mesmo caso de Carlos Drummond de Andrade, de Alberto de Oliveira, de Erico Veríssimo – que bem sabem ( ou souberam) , o que é a luta amorosa com as palavras.

Mario Quintana ( texto escrito pelo poeta para a revista Isto É de 14/11/1984 )

 

GOSTAR DE VOCÊ

Aprenda a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você...
Com o passar do tempo, nossas prioridades vão mudando...
A vida profissional, a monografia de final de curso, as contas a pagar.
Mas, uma coisa parece estar sempre presente. a busca pela felicidade.
Desde pequenos ficamos nos perguntando:
- Quando será que vai chegar?
E a cada nova paquera, vez ou outra, nos pegamos na dúvida:
- Será que é ele?
Como diz o meu pai:
- Nessa idade tudo é definitivo.
Pelo menos a gente achava que era.
Cada namorado(a) era o novo homem ou mulher  da sua vida.
Faziam planos, escolhiam o nome dos filhos, o lugar da lua-de-mel e, de repente... plaft!
Como num passe de mágica ele desaparecia, fazendo criar mais expectativas a respeito do próximo.
Você percebe que cair na guerra quando se termina um namoro é muito natural, mas que já não dura mais de três meses.
Agora, você procura melhor e começa a ser mais seletiva.
Procura alguem formado, bem resolvido, inteligente, com aquele papo que a deixa sentada no bar o resto da noite.
Você procura por alguém que cuide de você quando está doente, que não reclame em trocar aquele churrasco dos amigos pelo aniversário da sua avó, que sorria de felicidade quando te olha, mesmo quando está de short, camiseta e chinelo.
A gente inventa um monte de desculpas esfarrapadas, mas continuamos com a procura incessante por uma pessoa legal, que nos complete e vice-versa.
Mas, bom mesmo, é se divertir com as amigas (os), rir até doer a barriga, fazer aqueles passinhos bregas de antigamente.
Olhar para o teto, cantar bem alto aquela música que você adora.
Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela.
Percebe também que aquele cara (garota) que você ama (ou acha que ama), e que não quer nada com você, definitivamente não é o homem(mulher) da sua vida.
Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você.
O segredo é não correr atrás das borboletas...
É cuidar do jardim para que elas venham até você.
No final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!

 

OUTRA DAS MINHAS PAIXÕES - ESTA ÁREA PARA RELAXAR.

 

Claudia Canales - Revista Morar Mais

MINHA ÁREA DOS SONHOS - AMO DECORAÇÃO


 

Este projeto com certeza reaproveitou muito bem a área

publicado por Infobrazuca às 19:11

Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30


subscrever feeds
arquivos
2011

mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO